quinta-feira, 30 de junho de 2011

Não adianta, nem todos dão valor.

Maluca, complexa, difícil, temperamental, chata, ciumenta, apaixonada, exagerada e companheira. Sou tantas coisas que nem sei dizer!
E eu sou um monte de defeito também. Uma mala chata, vazia e pesada. Mas, poxa, acima de tudo sou do bem.
Quero bem e desejo que todos sejam felizes, assim como eu quero ser feliz também.
Eu não passo o dia tendo ideias diabólicas para prejudicar alguém, nem bolando vinganças. Não dou meus passos seguindo um planejamento bem elaborado; na maior parte das vezes, saio por aí sem um plano no bolso: o que rolar, rolou. E eu consigo, com tudo, sentir felicidade em cada pedacinho da minha vida.
Para finalizar, minha gente, eu trabalho com o coração. Eu me dedico, eu me entrego, vibro e choro. Luto para vencer os desafios, encontrar as soluções. Eu me esforço para superar as expectativas e vibro com o conjunto. Mas eu sou boba, fico esperando tudo em troca.
Hoje eu me magoei de uma forma que não esperava: foi um soco no estômago. Daqueles que te deixam sem palavras, sem fôlego. Não esperava e aconteceu.
A gente passa uma boa parte da vida procurando palavras para momentos como esse, mas quando chega você se cala.
Nem todo seu esforço, nem toda dedicação do mundo. Nada que você faça, nada que lhe pareça correto... Nada tem valor para quem não quer dar valor.
E você acha que é justo, mas não há nada de justo aqui.

2 comentários:

Lummi Eventos disse...

Na vida, só nos dão valor aquelas pessoas que realmente sabem de nossa história e dedicação a cada pouco ou muito que fazemos. Sabemos quem são aquelas pessoas que vibram por nossas vitórias e choram por nossas derrotas. Amor, você sabe todo o valor que tens! Por isso não espere reconhecimento e palavras doces de pessoas que não conhecem tua verdadeira essencia! Seja simplesmente você, nem que para isso tenhas que alçar vôos mais altos e para novos ares de verão! Eu acredito em você e sei de cada minuto de dedicação que tens no que fazes!

Juliana disse...

Tava falando sobre isso com um amigo hoje. Sobre como nós temos que nos valorizar. No fim das contas ninguém valoriza se a gente não fizer isso também. Se baste e tudo o que vier depois vai parecer pequeno demais para atingir essa moça "boba" que supervaloriza o coração. Estou contigo nessa! se cuida :)